Funerária na Paraíba vende caixões com escudos de times de futebol


Torcedor e time do coração poderão continuar juntos eternamente e nem a morte vai separá-los. Esse é o objetivo da Funerária Amor Eterno, de João Pessoa, que há mais de um ano vende caixões de times brasileiros.

José Teodozio, dono da funerária, disse que a ideia de vender urnas funerárias estilizadas de times brasileiros surgiu quando pessoas insinuaram o desejo de serem sepultadas em caixões do time do coração. “Um rapaz passou oferecendo daí comprei. Foi um sucesso”.

Comprados de uma fornecedora de Santa Cataria, eles são vendidos por R$ 1.300. Os campeões de venda são de Flamengo e Vasco, times mais populares no Nordeste e Brasil. “Já vendi caixões dos dois times. Teve o caso de um jovem, que era torcedor do Flamengo, e morreu aqui em João Pessoa. A mãe dele comprou o caixão e enterrou o filho, como forma da última homenagem”, falou Teodozio.

Há alguns meses, nenhum caixão com símbolo do time foi vendido. Porém, a funerária dispõe de urnas com escudos do Grêmio, Flamengo, Vasco e até da Copa do Mundo, a espera de um torcedor.

com Correio

Secretário admite que a situação hídrica da Paraíba é preocupante


Responsável pelo abastecimento de Campina Grande e mais de 19 municípios do Compartimento da Borborema, o açude Epitácio Pessoa em Boqueirão, atingiu um nível preocupante. O açude está com menos de 26% de sua total real capacidade de armazenamento, e o risco de colapso no sistema de abastecimento não está descartado. O reservatório está com pouco menos de 106 milhões de metros cúbicos de água acumulada. Devidp a baixa de água, algumas ilhas já se formaram ao redor do açude e a situação é cada vez mais preocupante. Por dia, o manancial chega a perder quase 2 centímetros de água com o consumo e a evaporação.

Esta semana o Ministério Público da Paraíba recomendou a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) a antecipação do racionamento de água em Campina Grande. Esta semana o diretor Cagepa na cidade, disse que a companhia está apenas aguardando o açude atingir os 100 milhões de metros cúbicos para iniciar o racionamento. Segundo o assessor de imprensa da Cagepa Ricardo Avelino, o Ministério Público da Paraíba propôs a antecipação do racionamento já para o dia 15 de novembro, mas a data foi adiada.

Diante do risco de colapso, o secretário estadual de Recursos Hídricos, João Azevedo, analisou a situação das barragens paraibanas e disse que a capacidade de armazenamento está avaliada em apenas 30%.

Em entrevista a Rádio Caturité AM, O secretário falou sobre a programação do abastecimento em Campina Grande e alegou que algumas cidades do Estado que são atendidas por outras barragens já estão em processo de racionamento.

– A situação hídrica é preocupante. Temos cerca de 30% da nossa capacidade de armazenamento apenas com água. Existem regiões que estão com problemas de abastecimento, porque não houve recarga das barragens que atendem essas cidades – afirmou.

Azevedo declarou que a Cagepa, o Dnocs e a ANA estão envolvidos para programar o racionamento envolvendo Campina Grande e demais cidades abastecidas pelo Açude de Boqueirão.

Ele salientou ainda que se espera que o inverno de 2015 seja ativo o suficiente para repor a capacidade das barragens.

com PB Agora

Servidores da Prefeitura de Gurjão recebem pagamento de outubro dentro do mês trabalhado


O prefeito Ronaldo Queiroz mantém compromisso assumido no início da gestão pagando ao funcionalismo do município dentro do mês trabalhado. O pagamento referente ao mês de outubro foi realizado na última quinta-feira (30) a todos os servidores efetivos, comissionados e contratados da Prefeitura de Gurjão.

A administração municipal vem desempenhando uma política de valorização do servidor concedendo, além do pagamento sempre dentro do mês trabalhado, antecipação do décimo terceiro que teve a metade paga já no mês de junho para todos os funcionários, inclusive para os contratados, ação implementada na Prefeitura por esta gestão.

O prefeito Ronaldo lembra as dificuldades em manter um equilíbrio financeiro para garantir esses compromissos com o servidor. Segundo ele, uma das dificuldades é conviver com os constantes investimentos emergenciais em decorrência da estiagem prolongada vivida pela região. -Mesmo com todas as dificuldades, nós priorizamos o servidor porque só assim podemos ter a certeza da continuação de bons serviços e bom atendimento à população de Gurjão-, afirmou.

Colisão entre motocicleta e veículo deixa duas pessoas feridas no Cariri


Uma colisão entre um veículo e uma motocicleta, deixou o saldo de duas pessoas feridas na BR-412, no município de Monteiro. O acidente aconteceu no final da tarde desta sexta-feira (31), próximo ao Motel Paraíso, que fica as margens da rodovia.

O condutor da motocicleta, identificado por Sávio Borges Ferreira, de 18 anos, sofreu uma fratura em umas das pernas e em um braço. Ele foi socorrido de imediato por uma equipe do SAMU até o Hospital Santa Filomena, mas devido à gravidade dos ferimentos, foi transferido para uma unidade de saúde em Campina Grande.

Já o garupa da moto, sofreu apenas escoriações pelo corpo e passa bem. Ele socorrido pelo SAMU e levado para o Hospital local. O condutor do veículo, não sofreu ferimentos.

Não há informações sobre o que teria provocado o acidente.

com Vitrine do Cariri

Zé Maranhão é contra punir ‘traidores’ do PMDB


O senador eleito e presidente estadual do PMDB, José Maranhão, revelou, na manhã desta sexta-feira (31), durante entrevista ao programa Tambaú Debate, da Nova Tambaú FM, que não é favorável a punição dos dissidentes do PMDB, como defende x-prefeito de Campina Grande e deputado federal eleito Veneziano Vital do Rego (PMDB).

Nos últimos dias, Veneziano vem cobrando publicamente uma postura dura do partido contra os supostos traidores, que não seguiram a orientação da legenda nas últimas eleições.

Maranhão ressaltou que na reunião da executiva Nacional, o vice-presidente da República, Michel Temmer, se posicionou contra qualquer tipo de punição aos peemedebistas que não seguiram a orientação do partido em Minas Gerais e Rio de Janeiro.

“Penso da mesma forma e não defendo punição”, afirmou.

Maranhão também afirmou que “respeita o posicionamento do de Veneziano, mas lembrou que o deputado eleito se beneficiou do voto dos infiéis. “Ele mesmo foi votado em muitos municípios onde seu irmão [Vital do Rego] não foi apoiado", alfinetou.

com MaisPB

Mídia nacional repercute partida do Campeonato Paraibano que acabou em briga generalizada


O site do Globo Esporte Nacional destacou na tarde desta sexta-feira (31) a briga que ocorreu na noite de ontem no Estádio da Graça em João Pessoa entre os jogadores e a comissão técnica dos times paraibanos Leonel e Lucena, pela Segunda Divisão do Paraibano.

De acordo com a matéria, os integrantes dos dois times trocaram socos, pontapés e xingamentos.


Veja a matéria na íntegra:


 Muitos socos, chutes, empurrões e voadoras. Mas não era uma cena de MMA. Até porque houve também sapatada (no caso, uma "chuteirada"), xingamentos e ação da polícia. Mas também não foi uma briga de rua. O que se viu foi uma violenta batalha na noite desta quinta-feira, no Estádio da Graça, em João Pessoa, durante o jogo entre Lucena e Leonel pela fase de mata-mata do Campeonato Paraibano da Segunda Divisão.

A partida estava 1 a 0 para o Lucena, e o resultado classificava a equipe para o triangular final da competição, que vai definir os dois clubes que jogarão a elite do futebol estadual em 2015. Perto do fim do jogo, jogadores e comissão técnica dos dois times se envolveram em uma grande confusão. O jogo foi paralisado por 10 minutos, e a bola só voltou a rolar após seis expulsões.


A confusão começou por causa de provocações entre os reservas do Leonel, time que estava sendo eliminado, e os atletas que haviam sido substituídos do Lucena. A situação piorou quando o zagueiro Alemão passou em frente ao banco de reservas do time de Campina Grande com destino aos vestiários e os insultos continuaram. Teve início então um forte bate-boca entre o defensor e o auxiliar técnico do Leonel, Mazinho Costa.

No minuto seguinte, o atacante Soares bateu no auxiliar técnico do Leonel com as suas chuteiras. E a confusão ficou generalizada. Em meio à briga, uma das chuteiras que o jogador usou para bater em Mazinho foi arremessada no telhado do Estádio da Graça, e o jogador ficou sem o calçado. Pouco depois, Soares levou uma voadora pelas costas, de um jogador do time adversário, não identificado pelas imagens ou pelo árbitro.

Todos os jogadores e comissão técnica das duas equipes entraram em campo para tentar separar os brigões. E para brigar também. A polícia chegou a ser acionada e também a pedir reforço, mas a situação foi controlada.


Para a turma do Leonel, a culpa começou por causa de "provocações desnecessárias" dos adversários:

- Alemão saiu de campo fazendo graça com a comissão técnica do meu time. Depois, ele soltou um palavrão com o Mazinho e perdeu a cabeça. O cidadão já está ganhando o jogo e se classificando, para que fazer este tipo de piadinha? - questionou o treinador do Leonel, Warisson Albuquerque, expulso devido ao tumulto.

Alemão se defende e diz que chegou à briga apenas num segundo momento:

- A confusão começou lá fora. Eu fui apartar e acabei levando um murro. Quando Mazinho tentou bater em Soares, errou e acertou em mim - se defendeu. Além do treinador do Leonel, também foram expulsos o auxiliar técnico Mazinho Costa e os jogadores reservas Rafael e Neto. Pelo Lucena, receberam cartões vermelhos Soares e Alemão.


No fim do jogo, os atletas do Lucena comemoraram a classificação para a fase final da competição sem nenhum transtorno.


Mesmo feliz com a vaga para a próxima etapa da competição, o treinador do Tubarão do Norte, Domício Leite, falou sobre o episódio e culpou a arbitragem pelo ocorrido.

- O árbitro da partida foi omisso. Ele deixou o jogo seguir com muita pancada, sem cartões, tinha muita gente no banco do Leonel. O que aconteceu aqui foi por causa da arbitragem - disparou.

O Lucena volta a campo no próximo domingo contra o Internacional de Teixeira, que se classificou após passar pelo Serrano. O jogo acontece em João Pessoa. O terceiro classificado para o triangular final da competição foi o Miramar.


Globo Esporte

UEPB extingue vestibular tradicional e terá todas as vagas preenchidas através do ENEM


 A partir do período letivo 2015.1, todas as vagas ofertadas pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) para os seus cursos de graduação serão preenchidas a partir do desempenho dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A informação foi confirmada nesta sexta-feira (31), pelo pró-reitor de Graduação, professor Eli Brandão.

Conforme o pró-reitor, o vestibular tradicional da Universidade foi extinto, tendo o Vestibular 2014 sido o último realizado pela UEPB. Desta forma, a Universidade Estadual da Paraíba, através da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), vai estabelecer critérios para nota mínima e peso das notas, de conformidade com o que já era praticado no vestibular.

O número de vagas a serem ofertada pela UEPB para 2015 ainda está sendo definido junto com as coordenadorias dos cursos e será anunciado em breve.

Os coordenadores de cada curso deverão informar a Pró-Reitoria de Graduação a quantidade de vagas que será aberta para preenchimento por meio do SiSU a partir de cada realidade. Devido a crise financeira que a UEPB atravessa, a tendência é que o número de vagas para ingresso na Instituição seja inferior ao ofertado no último vestibular.

Paraíba Mix com Assessoria

Prefeitura irá perfurar 36 poços artesianos em Juazeirinho


A prefeitura de Juazeirinho assegurou junto ao senador Vital do Rego Filho (Vitalzinho) a instalação de 36 poços artesianos distribuídos na Zona Rural.

“Ouvimos as reivindicações de munícipes de todas as regiões de Juazeirinho e prontamente a prefeita Carleusa Castro, assegurou com Vitalzinho os poços” Destacou o secretário de Administração Fred Marinheiro. 

Fred assegurou que até o fim do ano 12 poços estarão em funcionamento “O Geólogo já esteve percorrendo pontos estratégicos para começar os trabalhos” Pontificou.  

A prefeitura vem intensificando os trabalhos em combate à seca, Carros pipas estão trabalhando a vapor na distribuição de água para a zona rural do município.

Ascom

Prefeitura de São João do Cariri realiza pagamento dos servidores dentro do mês trabalhado


A Prefeitura Municipal de São João do Cariri, através da Secretaria de Finanças, realizou o pagamento da folha salarial dos funcionários municipais referente ao mês de outubro nesta Sexta (31).

Com mais um pagamento realizado dentro do mês trabalhado, o Prefeito Valter Marcone Medeiros demonstra o seu real comprometimento com seu quadro funcional, mantendo assim, o pagamento em dias deixando livre de qualquer transtorno os funcionários públicos do município.

Paraíba Mix com Assessoria

Deputado eleito analisa campanha de RC x Cássio e diz que tucano subestimou governador


Ex-aliado do grupo Cunha Lima por um longo tempo, o deputado estadual eleito Ricardo Barbosa (PSB) fez uma análise da disputa eleitoral na Paraíba e revelou que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o seu grupo político subestimaram o potencial eleitoral do governador Ricardo Coutinho (PSB). Para Barbosa, diversos setores tucanos consideraram a campanha ganha,e desconsideraram a capacidade de trabalho do socialista que segundo ele desenvolve uma gestão operosa.

"O senador Cássio e todo seu staff mais próximo acreditava que a campanha seria mais ou menos como a de Maranhão contra Gilvan Freire, em 98, e não era. Enfrentar Ricardo Coutinho tá provado que não é fácil. Não é só Ricardo Coutinho pessoa, cidadão, político. É um governo exitoso, um governo com uma enorme quantidade de obras, que desenvolveu a Paraíba em todos vetores e setores", contou.

Para o socialista o grupo Cunha Lima tratou a eleição como ganha e foi surpreendido: “Não era fácil e aí subestimaram, abusaram da confiança e da crença de que a campanha estava ganha", alfinetou.

com PB Agora

Para reduzir desperdício de água, Cagepa instala 27 mil hidrômetros em cidades abastecidas pelo açude de Boqueirão


 Cerca de 27 mil novos hidrômetros serão instalados e 15 mil serão substituídos em 23 cidades e distritos abastecidos pelo açude Epitácio Pessoa, conhecido popularmente como açude Boqueirão, no Agreste da Paraíba, segundo a Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa). A medida emergencial é para promover a prevenção ao vazamento de água e para ajudar a reduzir o desperdício de água captada pelo manacial. O reservatório abastece a cidade de Campina Grande e outros 18 municípios da região e atualmente está com 25,8% da sua capacidade total.

O equipamento faz a contagem exata de quanto se gasta de água em cada residência e assim é possível analisar e estudar onde a água é mais consumida. Ainda segundo o órgão, 40% da água captada do reservatório é desperdiçada, sendo que metade deste volume se perde através de vazamentos, ligações clandestinas e hidrômetros velhos e a troca destes equipamentos ajuda a evitar este desperdício.

Por conta da baixa no nível do açude, que encontra-se com pouco mais de 106 milhões de metros cúbicos de água, o Ministério Público da Paraíba (MP-PB) através da promotoria do consumidor determinou um prazo para que a Cagepa apresente um plano de contingência do uso da água do reservatório. O planejamento deve ser apresentado até o dia 12 de novembro.

O gerente regional da Cagepa, Simão Almeida, explica que uma reunião será realizada nesta quinta-feira (30), em João Pessoa, quando o planejamento será apresentado. “Iremos apresentar as opções disponíveis em uma reunião com a diretoria de operação e manutenção e os técnicos da gerência de controle de operação. De três opções que serão apresentadas, certamente a diretoria vai escolher uma e os estudos serão aprofundados em cima dela”, explicou.

Simão explicou, em entrevista à TV Paraíba, que enquanto o plano não é definido, o órgão já prevê o início do racionamento para a população de Campina Grande, como outra medida emergencial para controlar o volume do açude. “Está previsto para quando a barragem atingir o volume de 100 milhões de metros cúbicos de água. O monitoramento tem dado um indicativo de que isto deve acontecer no início de dezembro”, disse.

Nesta quinta-feira, a Cagepa anunciou que a falta de água em algumas localidades de Campina Grande e nas cidades de Alagoa Nova, São Sebastião de Lagoa de Roça, Matinhas e Lagoa Seca. O motivo apresentado pelo órgão é uma manutenção na adutora de Boqueirão e a previsão é que a distribuição de água deva voltar ao normal por volta das 17h.

Paraíba Mix com G1

Concurso: Universidade Federal de Campina Grande deve abrir até 700 vagas para HUs


A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) se preparam para realizar, no próximo ano, concurso público visando à contratação de servidores efetivos para os hospitais universitários de Campina Grande e Cajazeiras. Segundo o reitor da instituição, Edilson Amorim, o concurso ainda está sendo discutido e organizado, mas a expectativa inicial é que sejam oferecidas entre 600 e 700 vagas, sendo 500 apenas para Campina. A previsão dele é que os procedimentos para realização do certame sejam iniciados no primeiro semestre de 2015.

Além de discutir questões relativas aos dois hospitais, durante reunião realizada ontem em Brasília, na sede da Ebserh, que compartilha a administração dos HUs com a UFCG, o reitor também assinou um protocolo jurídico que permitirá à empresa contratar os projetos executivos para construção do Hospital Universitário Geral de Cajazeiras. A expectativa é que a obra seja iniciada no segundo semestre de 2015. O novo hospital, terceiro da UFCG, terá 200 leitos e está orçado em cerca de R$ 178 milhões.

“Já concluímos o dimensionamento do efetivo e dos serviços no Hospital Universitário Júlio Bandeira, em Cajazeiras, e devemos concluir o de Campina Grande em novembro. Com isso, entregaremos esses levantamentos à Ebserh, que vai confirmar os dados e fazer seus estudos para identificar a necessidade de novos equipamentos e de efetivo nessas unidades”, explicou Edilson.

Após a conclusão dessa análise, dependendo da necessidade de efetivo e de questões financeiras, Ebserh e UFCG vão começar os trâmites de organização do concurso. “Ainda não temos uma definição sobre o número de vagas, nem de início do processo, só sabemos que deverá ser no primeiro semestre. A nossa estimativa é que sejam entre 600 e 700 vagas, sendo a maior parte delas, cerca de 500, para o HU de Campina Grande”, salientou.

Segundo ele, no caso do Júlio Bandeira, que já está com o levantamento pronto, não foi constatada a necessidade de novos equipamentos, já que os da unidade foram adquiridos recentemente, mas sim a demanda por efetivo, já que todos os atuais servidores do hospital foram cedidos pela prefeitura de Cajazeiras, cidade onde funciona um dos cursos de medicina da instituição. Já o HU de Campina Grande deverá ter alguns equipamentos trocados, mas nada foi definido ainda, pois o levantamento está em aberto.

Em relação à construção de um novo HU em Cajazeiras, Edilson explicou que a nova unidade prestará serviço em diversas áreas, já que o atual hospital realiza atendimentos apenas na área materno-infantil, dispondo de 55 leitos. “O Júlio Bandeira continuará do jeito que está e o novo HU será um hospital geral, atendendo áreas que ainda estão sendo definidas”, concluiu.

com JP

PSDB de Aécio Neves pede investigação da apuração dos votos no segundo turno das eleições

 
Quatro dias após o resultado oficial da eleição presidencial, na qual uma pequena diferença de votos – diante do contingente nacional – reconduziu a presidente Dilma (PT) ao segundo mandato, o PSDB decidiu pedir oficialmente uma investigação da apuração dos votos.

Em nota oficial, o partido informa acreditar na segurança da urna e no processo eleitoral, mas nas entrelinhas deixa claro que vê com desconfiança a lisura do processo de totalização dos votos das urnas.

Informa a nota: “Temos absoluta confiança de que o Tribunal Superior Eleitoral – TSE cumpriu seu papel, garantindo a segurança do processo eleitoral. Todavia, com a introdução do voto eletrônico, as formas de fiscalização, auditagem dos sistemas de captação dos votos e de totalização têm se mostrado ineficientes para tranquilizar os eleitores quanto a não intervenção de terceiros nos sistemas informatizados''.

“Diante deste quadro de desconfiança por parte considerável da população brasileira, o Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB decidiu apresentar ao TSE, no dia de hoje (30/10), um pedido de auditoria especial''.

Os tucanos querem uma comissão especial “formada por pessoas indicadas pelos partidos políticos, objetivando a fiscalização dos sistemas de todo o processo eleitoral, iniciando-se com a captação do sufrágio, até a final conclusão da totalização dos votos''.

FAIXAS DE PROTESTO

Nesta quinta (30), duas faixas foram fixadas pela manhã na Praça dos Três Poderes, na frente do Palácio do Planalto, com as inscrições “Impeachment'' e “Fraude eleitoral'' ( veja aqui ).

O mesmo grupo, criado em redes sociais, pretende promover um novo protesto na frente do TSE nesta sexta-feira, com mais faixas.

Atualização quinta, 30, 23h54 – Não há precedente no TSE para caso de partido questionar resultado de eleição presidencial.

Houve um questionamento de resultado em 2010, sobre o resultado da eleição para o governo de Alagoas, quando João Lyra, derrotado, quis nova apuração dos votos diante da derrota para Teotônio Vilela. Em abril daquele ano, o plenário rejeitou seu recurso.