Rádio 104 FM de Monteiro terá nova programação em modernas instalações


A Rádio 104 FM de Monteiro estará brevemente com nova programação, passando a funcionar  em modernas instalações.

Pertencente à Associação Comunitária Imprensa FM, a Rádio 104 FM terá na sua nova programação um espaço considerável para difusão cultural, jornalismo, serviço comunitário e entretenimento.

A presidente Maria Tânia confirmou que, entre outras novidades, a 104 FM terá a comunicadora Rozana Andrade como carro-chefe da programação matinal. Durante o período em que fez parte da IND FM, Rozana Andrade consolidou a liderança de audiência na região do Cariri.

O jornalista Simorion Matos que, como voluntário, coordena o Conselho Comunitário, sendo responsável pela programação, confirma: “o nosso técnico Juca Sá está dando os últimos ajustes nos equipamentos e, com a permissão de Deus, a partir desta quarta-feira estaremos a qualquer momento funcionando nas novas instalações, com uma programação jovem, dinâmica e de boa qualidade”

Paraibanos são os mais viciados em internet do Brasil


A televisão ainda é o principal meio de comunicação no Brasil, mas os brasileiros e, sobretudo, os paraibanos, já chegam a passar mais tempo navegando na internet do que na frente da TV. A informação está contida na Pesquisa de Mídia Brasileira 2015, divulgada nesta sexta-feira (19), pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

De acordo com a análise, que engloba todo o âmbito midiático brasileiro, avaliando jornais, revistas, rádio, televisão e internet, a população da Paraíba é a mais ‘viciada’ na rede mundial de computadores no período de segunda a sexta-feira.

Dados do estado, contidos em um gráfico da pesquisa, indicam que o paraibano passa, em média, seis horas e 26 minutos navegando por dia, de segunda a sexta-feira. É o maior tempo entre todas as unidades da federação. A Paraíba é seguida por Pernambuco, com seis horas e 19 minutos, e por Tocantins, com seis horas. A média nacional ficou em quatro horas e 59 minutos.

No entanto, nos fins de semana, Pernambuco e Tocantins assumem o posto de ‘maiores viciados’, com média de cinco horas e 39 minutos. Nessa situação, a Paraíba fica em segundo, com cinco horas e 28 minutos, empatada com Santa Catarina.

A média brasileira de tempo assistindo à TV fica em quatro horas e 31 minutos por dia nos dias de semana e quatro horas e 14 minutos aos sábados e domingos. O paraibano passa, em média, cinco horas e 35 minutos assistindo TV durante os dias úteis e quatro horas e 30 minutos no fim de semana.

"A diferença (entre TV e Internet) ainda é pequena, mas mostra uma tendência importante e que deve ser analisada. O tempo (de uso das redes) dá um parâmetro de como o brasileiro está migrando de forma consolidada para os meios de comunicação digitais”, avaliou o ministro da Secretaria de Comunicação, Thomas Traumann.

O levantamento ouviu 18 mil pessoas. Entre os usuários da internet no Brasil, 76% acessam a rede todos os dias. O pico de uso é às 20h, tanto nos dias úteis quanto nos fins de semana. De acordo com a pesquisa, 67% acessam a rede em busca de informações ou notícias, mesmo percentual dos que dizem entrar na internet para buscar entretenimento.

Agência Brasil

Deputado decide disputar mandato de vereador na região do Cariri


Após o insucesso do filho como candidato nas eleições deste ano, o deputado estadual Carlos Dunga (PTB) anunciou que vai ser candidato a vereador na cidade Boqueirão nas eleições de 2016.

Dunga explicou que vai entrar na disputa para mostrar que está com a ficha limpa e também para esclarecer o processo que tramita na justiça contra ele.

- Eu aceito a denúncia do Ministério Público, mas irei recorrer até o ultimo momento e depois dessa ação vou ser candidato a vereador em Boqueirão – disse Dunga.

O parlamentar disse que o processo não lhe atrapalha, pois ele não era ordenador de despesa quando foi citado na ação sobre a máfia das ambulâncias.

Ele lembrou que possui 40 anos de vida pública, incluindo vários cargos de secretário, de presidente da Assembleia, e não “iria se sujar por causa de oito contos de réis”.

Paraíba Online

Ex-presidiário é morto a tiros no Cariri


Um homicídio foi registrado nesta sexta-feira (19) no Distrito de Santa Maria no município de São João do Tigre. A vítima foi o ex-presidiário Gilcelio da Silva, residente em Jataúba/PE.

De acordo com informações, Gilcelio havia saído da cadeia há pouco tempo. Ele foi morto com um tiro de espingarda calibre 12.

A Polícia tomou conhecimento do crime por volta das 00hs deste sábado. O assassinato está sendo investigado.

Com Paulo Viana

São João do Cariri: Marcone Medeiros emite portaria suspendendo todos os atos realizados pelo vice-prefeito do município


Por meio da portaria Nº 151/2014, publicada no Diário oficial do município no dia 16 de Dezembro de 2014, o Prefeito de São João do Cariri –PB, Valter Marcone Medeiros anulou todos os atos e efeitos do Decreto Legislativo 30/2014, realizados pelo Ex-Prefeito, Cosme Gonçalves de Farias.

Sendo assim, com a nulidade do Decreto Legislativo 30/2014, todos os atos decorrentes do ex-prefeito, tornaram-se sem efeito, desde a sua expedição.

Todos os procedimentos desde a posse do Sr. Cosme Gonçalves, nomeação de secretários, demissão e posteriormente as readmissões dos cargos de confiança e comissionados se tornarem totalmente inválidos perante os autos do processo nº 2013948-93.2014.815.0000, publicada no Diário Oficial da Justiça no Dia 10 de Dezembro de 2014, vindas proveniente pelo Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba.

Portaria nº 151/2014,art. 1º 0 Prefeito deste município, resolve:

Voltando a sua inteira normalidade, o Prefeito Valter Marcone Medeiros resolve oficialmente por meio da portaria nº 151/2014, revogar todos os atos administrativos praticados pelo senhor vice-prefeito constitucional do município, Cosme Gonçalves de Farias, enquanto esteve no exercício do mandato de Prefeito, por força do Decreto Legislativo nº 30/2014, reestabelecendo-se, desde já, todos os contratados como prestadores de serviços e todos os cargos em comissão, então rescindidos, bem como, ficam revogadas todas as contratações realizadas naquele período.

Confira o documento:

Clique para ampliar





Paraíba Mix

Vereador serrabranquense aciona o Ministério Público para solucionar problema da “cachorrada” nas ruas da cidade

(Cachorros nas ruas de Serra Branca - Foto: No Meu Cariri)

O vereador da cidade de Serra Branca, Renan Mamede, acionou o Ministério Público para resolver o problema de animais abandonados pelas ruas da cidade, que vem causando muitos transtornos aos cidadãos nos últimos anos.

Quem anda pelas ruas de Serra Branca ou frequenta a praça do município, vive o medo de ser atacado a qualquer momento por um cachorro. Isso porque várias pessoas da cidade já foram mordidas pelos cachorros de rua, além dos criadores de caprinos que já tiveram prejuízos com a perda de seus animais também atacados.

Apesar de várias denúncias, reclamações e leis aprovadas neste sentido a Prefeitura do Municipal de Serra Branca parece não se preocupar com a situação calamitosa vivida pela população do município.

Indignado com a situação vivida no município o vereador Renan Mamede acionou o Ministério Público para que possa obrigar a Prefeitura do Município a tomar as providências que lhe são devidas.

Renan Mamede disse que a população da cidade não pode mais conviver com essa situação que já virou um problema generalizado e uma questão de saúde.

Paraíba Mix

Paraíba notifica 322 novos casos de AIDS em 11 meses de 2014,


De janeiro a novembro de 2014, foram registrados 322 novos casos de Aids na Paraíba. O maior número de notificações é entre os homens, com 231 casos, enquanto 91 mulheres foram diagnosticadas com o vírus. A cidade com o maior número de casos é João Pessoa, segundo  dados da Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo a coordenadora de DST/AIDS e Hepatite Virais da Paraíba, Ivoneide Lucena, o número é alto, mas mostra uma redução em relação a 2013, quando foram registrados 329 casos. “Hoje nós oferecemos o teste rápido na Unidades Básicas de Saúde da Família, o que facilita o diagnóstico precoce. O resultado sai na hora, e, se der positivo, encaminhamos o paciente para que todas as medidas cabíveis sejam tomadas”, afirma a coordenadora.

Na Paraíba, 95 Unidades oferecem o teste. Os diagnosticados têm direito ao coquetel de remédios retrovirais que impedem o avanço do vírus. Ivoneide Lucena ressalta que o uso da camisinha é fundamental. Ela ainda diz que a busca de informações e a conversa entre o casal é essencial para evitar a contaminação.

com G1

Consumidor vai pagar mais por energia elétrica a partir de janeiro


A tarifa de energia elétrica deverá ficar mais cara para o consumidor no primeiro mês de 2015, anunciou nesta quinta-feira (18) o presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), Nelson Fonseca Leite. A medida faz parte do sistema de bandeiras tarifárias, que repassa mensalmente os custos das distribuidoras com o uso de termelétricas e que entra em vigor a partir de janeiro próximo.

"Nessa previsão, a bandeira já chega vermelha porque os reservatórios das hidrelétricas ainda estão em processo de enchimento", disse. A bandeira vermelha significa que os custos com geração de energia estão mais altos e que, por isso, haverá um acréscimo de R$ 3 para cada 100 killowats-hora consumidos. No entanto, o sistema não deverá resultar em custo extra para os consumidores, porque atualmente os gastos que as distribuidoras têm com a compra de energia de termelétricas já são incluídos nas tarifas de energia, só que isso é feito anualmente.

Fonseca disse ainda que as distribuidoras devem apresentar à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) os pedidos de revisão extraordinária de tarifas na primeira semana de janeiro de 2015, por causa dos gastos extras que elas tiveram com a compra de energia de termelétricas em 2014. "Em reunião, a Aneel se comprometeu a analisar os pedidos de revisão [das empresas] já na primeira semana do ano que vem, e calcular os valores individualmente", concluiu.

A cobrança pelo sistema de bandeiras tarifárias vai ser dividida por subsistemas, o que quer dizer que os consumidores de estados do Sul podem pagar um valor diferente daqueles que moram mais ao Norte do país. No entanto, a bandeira aplicada mensalmente será a mesma para todos os consumidores de um mesmo subsistema. Ou seja, ainda que uma pessoa de determinada região economize mais que as outras do mesmo subsistema, o valor cobrado será igual.

"Como vai ser avaliada a capacidade de produção daquele determinado subsistema, as bandeiras serão iguais para os moradores daquela região. Além disso, pode ser que no Sul do país a geração de energia hidrelétrica seja maior que no Norte, o que não resulta em uma mesma cobrança para todo o país naquele mês", esclareceu Fonseca. A medida, segundo ele, pode ser chamada de realismo tarifário, "porque permite ao consumidor um uso mais eficaz e consciente da energia, já que ele vai ter noção da situação dos reservatórios [de água]".

Com Portal Correio

Prefeitura de Monteiro criará programa Renda Mínima que beneficiará várias famílias carentes do município

 
O município de Monteiro sai na frente e será o primeiro da Paraíba a possuir um programa de renda próprio, financiado com recursos do tesouro municipal. Graças à iniciativa da prefeita Edna Henrique, o município idealizou um projeto que garantirá renda mínima a famílias carentes do município e que não sejam atendidas por outros programas sociais. 
 
Um requerimento do vereador e presidente do Poder Legislativo, Bero de Bertino, foi aprovado nesta última sessão autorizando a criação de um dos mais importantes programas sociais da história do município, o Garantia de Renda Mínima de Monteiro.
 
O programa será destinado a pessoas ou famílias que se encontram em situação precária social e/ou em situação de risco social, que não sejam beneficiárias de outro Programa Social similar, em especial o programa “Bolsa Família” do Governo Federal. A seleção das famílias se dará através dos dados constantes no CADÚNICO do Município.
 
São consideradas em situação de vulnerabilidade as famílias ou pessoas que se encontram em situação de fragilidade pessoal e social por decorrência da impossibilidade de geração de renda e por mudanças de vida natural ou social, expostas às situações de violação de seus direitos, caracterizando risco social.
 
Pelo projeto, a Prefeitura de Monteiro deverá pagar uma bolsa de 50 a 100 reais às famílias beneficiadas de acordo com os critérios do programa.
 

Cagepa propõe aumento de 9,96% na tarifa de água


O consumidor paraibano deverá pagar por uma água mais cara no início de 2015. Em audiência pública realizada no auditório da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep-PB), a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) apresentou a proposta de reajuste tarifário de 9,96% para ser implementado até o início de fevereiro.

A fórmula encontrada pela Cagepa para o percentual do reajuste prevê a combinação de três índices de inflação no acumulado de 14 meses e o período inflacionário futuro de dezembro deste ano e de janeiro.

A proposta apresentada pela Cagepa será avaliada pela Agência de Regulação do Estado da Paraíba (ARPB). No ano passado, o reajuste da tarifa da água foi menor que pedido pela Cagepa e ficou em 8,67%.

Caso a Agência de Regulação do Estado da Paraíba aprove o reajuste, que está acima da inflação, a conta da água para quem consome até 10 metros cúbicos (10 mil litros) passará de R$ 24,49 para R$ 26,93, um aumento de R$ 2,44, fora o pagamento do esgoto, que é outra taxa complementar da conta de água.

Na Paraíba, segundo o assessor de Planejamento e Gestão da Cagepa, Ricardo Benevides, 65% dos clientes se enquadram no parâmetro de até 10 mil litros de consumo ao mês. Os outros 35% ultrapassam o limite do consumo de 10 m³, sendo representados por empresas comerciais, indústrias e setores públicos, além das residências.

Para o presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, o aumento da tarifa foi justificado para cobrir os custos de manutenção e operação da companhia.

“O estudo leva em conta a previsão de custos e de faturamento da empresa para os próximos doze meses”. As despesas mensais previstas pela Cagepa para 2015 ultrapassam os R$ 56 milhões. “Os consumidores podem sentir esse aumento, mas ele estará perto da inflação acumulada de 16 meses”, pontuou.

Segundo o assessor Ricardo Benevides, não haverá aumento (superávit) acima da média da inflação projetado para 16 meses.

"O reajuste da tarifa levou em consideração uma média inflacionária dos últimos 14 meses, que resultou em 7,55%, abaixo da proposta. O cálculo foi realizado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e no Índice Nacional de Custo da Construção para Mercado (INCC-M). No entanto, a previsão da Cagepa é que a inflação esteja acima dos 9% no acumulado de 16 meses, se aproximando da proposta.

APRECIAÇÃO RÁPIDA

O diretor presidente da ARPB, Yuri Lobato, informou, ao final da audiência, que a agência começará a analisar o pleito ainda hoje, quando recebe oficialmente o documento da Cagepa.
Segundo ele, a intenção é agilizar o processo e “sanar” esta proposta antes do fim do ano. Yuri prevê que haverá uma resposta sobre o reajuste até a próxima semana.

TARIFA SOCIAL FICA CONGELADA EM 2015

A proposta de reajuste tarifário sobre a água lançada pela Cagepa não afetará os consumidores atendidos pela chamada tarifa social, pessoas com baixa renda que consomem menos de 10 metros cúbicos (10 mil litros). A tarifa será congelada pelo quarto ano consecutivo.

Desde 2011, o consumo de água em até 10 mil litros por pessoas carentes equivale a R$ 10,56 ao mês. O valor para os serviços que incluem água e esgoto é de R$ 11,61 ao mês.

Conforme o diretor da Cagepa, Deusdete Queiroga, as pessoas que pagam menos precisam atender a pré-requisitos adotados pela empresa. “A tarifa social é específica da categoria residencial, que consome até 10 m³. O usuário deve estar cadastrado em algum programa social do governo, além de procurar a companhia para fazer o cadastro próprio”, informou, colocando que quem estiver fora dos padrões estabelecidos pagará a tarifa mínima.

JP

Bancos não funcionam nos dias 25, 31 e 1º; contas podem ser pagas no dia seguinte


As agências bancárias não abrirão ao público nos dias 25, 31 de dezembro e 1º de janeiro. A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) informa que o dia 30 deste mês será o último dia do ano para quem optar em realizar transações financeiras nas agências bancárias.

Em 31 de dezembro, último dia do ano, os bancos fecharão para realizar operações internas e fechamento de seus balanços. Não haverá atendimento ao público nas agências bancárias.

Na véspera de Natal, dia 24, os bancos estabelecerão horários especiais, seguindo a resolução nº 2.932, que garante ao público um atendimento mínimo de duas horas.

De acordo com informações da Febraban, o pagamento das contas de água, luz, telefone e TV a cabo, e os carnês que vencerem nas datas em que os bancos estiverem fechados, poderá ser feito no próximo dia útil após o vencimento (26 de dezembro e 2 de janeiro), sem a incidência de multa.

Sobre os tributos, os boletos são emitidos normalmente já com a data ajustada para o calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

O diretor-adjunto de operações da Febraban, Walter Tadeu Pinto de Faria, lembra que, “mesmo durante o feriado, os canais como internet banking e caixas eletrônicos funcionarão normalmente, facilitando, dessa forma, a vida do consumidor”.

Além do internet banking e caixas eletrônicos (os ATMs), a população também pode realizar operações bancárias por meio do mobile banking, banco por telefone e correspondentes (casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e estabelecimentos comerciais credenciados).

Os clientes podem ainda agendar nos bancos os pagamentos das contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo) ou pagá-las se tiverem o código de barras, nos próprios caixas automáticos ou em correspondentes bancários.

Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos por meio do Débito Direto Autorizado (DDA).

Correio

Presidente do TSE garante que não haverá ´3º turno´

 
Ex-advogado do PT, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, José Antonio Dias Toffoli, mandou um duro recado nesta quinta-feira (18) à oposição, afirmando que a corte não irá dar guarida a tentativas de se promover um "terceiro turno" das eleições presidenciais, destaca o jorna Folha de São Paulo.

A declaração, em tom enfático, foi feita em seu discurso no encerramento da solenidade de diplomação da presidente Dilma Rousseff, que estava sentada ao seu lado e o cumprimentou.

"Eleições concluídas são, para o Poder Judiciário Eleitoral, uma página virada. Não haverá terceiro turno na Justiça Eleitoral. Que os especuladores se calem. Não há espaço”, discursou Toffoli, ainda de acordo com o jornal.

Uol

Gurjão: Prefeito consegue maioria e tem aliado como novo presidente da Câmara


Na noite desta quinta-feira (18) a Câmara Municipal de Vereadores de Gurjão se reuniu para escolher sua nova mesa-diretora para o próximo biênio 2015-2016. Em sessão com um grande público, os vereadores escolheram Edivaldo Morais (Vau) como novo presidente. Além dele, compõem a nova diretoria Nicelma Martins (Celminha) como vice-presidente e Elizete Farias Almeida como 1ª Secretária e Diogo Coutinho Ramos foi eleito 2º Secretário.

A chapa vitoriosa obteve 6 dos 9 votos, derrotando a chapa encabeçada pelo vereador Marcelo que obteve 3 votos. Votaram em Marcelo, além dele próprio, o então presidente Edvan dos Santos e Janailton Borges (Zé Tela). Votaram em Vau Elizete, Celminha, Diogo, Neta, Robson Cordeiro e ele mesmo.


Com a eleição de Vau para a presidência da Câmara, o prefeito Ronaldo Queiroz consolida sua liderança política obtendo a maioria absoluta dos vereadores com um aliado na presidência, pois durante o primeiro biênio o prefeito contou com o presidente adversário. Essa é mais uma vez que os que fazem oposição a Ronaldo foram suplantados já que, na última eleição estadual, amargaram uma derrota esmagadora de todos os seus candidatos no município. Todos os candidatos apoiados pelo prefeito nas eleições deste ano foram majoritários dentro do município de Gurjão nos primeiro e segundo turnos.

O novo presidente da Cãmara Vau e os demais componentes da diretoria tomam posse no próximo dia 1º de Janeiro de 2015.

Ascom